Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sentir na Pele

alergias, manias e outras patologias.

Sentir na Pele

alergias, manias e outras patologias.

Philomena - Filomena

É tão difícil arranjar palavras para descrever este filme.

Nos primeiros minutos percebemos que o que nos está a ser apresentado é uma grande caixa de "bombons", e não sabemos por onde começar.

Quando recebemos o primeiro "bombom" e o abrimos, percebemos logo que vai ser muito difícil poder aproveitar todo o seu "sabor", não temos tempo porque logo a seguir temos outro a abrir...

Os "bombons" vêm recheados de:

-"Surpresas que a vida nós trás"- pensamos que a vida perde sentido e logo percebemos que existe mais vida.

-"Fé em Deus" - na esperança que nos guie sempre pelo caminho do amor.

-"Só Deus é Deus" - e por isso as pessoas não podem pensar por Ele, só devem amar os outros e ter compaixão pelo próximo, pois todos merecemos ser amados.

-"O amor move tudo" - é mais forte que qualquer coisa! Faz perdoar, aceitar as diferenças.

Sobre a historia:

Foi terrível o que fizeram a estas pessoas, horrendo, desumano! Mas hoje como sabemos existem pessoas que são vítimas de muitas atrocidades...

Contudo Filomena soube encontrar o caminho de Deus, do amor e do perdão, e soube sobretudo amar.

O jornalista que a acompanha, durante o filme passa por uma transformação... E aprende a aceitar os outos e as suas diferenças.

Ser como a Filomena é muito difícil... Todos sabemos que sermos levados pela raiva e consumidos pelo rancor e mais fácil, mas é mais desgastante e não trás qualquer beneficio.

Quem ama encontra paz e leva a paz consigo.

Sobre o filme:

Uma realização, de Stephen Frears, que para contar esta historia não podia ser melhor!

O tempo do filme foi perfeito.

Steve Coogan, o jornalista, esteve no ponto. É ele que acompanha a personagem principal durante todo o filme, e sem ele Filomena não teria brilhado.

Judi Dench, Filomena, esteve serena, contida, sofrida numa palavra, magistral! (Se for o seu ultimo filme, que duvido, sai pela porta grande!)

Um filme dramático, que nos enche o coração!